sábado, 8 de março de 2014

Por acaso conhecer alguém que, com vestes simples e a mão um pouco suja de graxa, pede um copo d'água e puxa papo sobre qualquer assunto. Comento que estou aguardando resultado pras faculdades Brasil afora. Ele sorri e conta que tem um filho formado em engenharia da computação, há 14 anos morando no Canadá; outro filho formado advogado (na PUC), que hoje trabalha no Estado e a filha mais nova se formando esse ano na Mackenzie.
Com os olhos brilhando, com um sorriso orgulhoso ele completa: "tudo isso com muito trabalho disso aqui". E então abre a mão e exibe os calos e a sujeira que os anos trabalhando como mecânico o fizeram ter.

Preciso colocar uma frase de motivação no final ou o relato já foi suficiente?

Nenhum comentário: